SEBASTIAN RIBEIRO

MELHOR ATLETA DO ANO 2019

O carioca começou a praticar kitesurf quando percebeu que não gostava de ficar fora das águas, quando praticava surfe, por causa do vento. 

Há 11 (onze) anos no esporte, Sebastian Ribeiro corre hoje o mundial de kite surf e vem representando o Brasil muito bem. Consciente do crescimento do esporte esta sempre aberto a somar pelo kite.

MIKAILI SOL

Com uma idade bem curta perante a todos outros competidores, o número de palavras para descrever essa atleta já é enorme.

Começando suas atividades aos 08 (oito) anos, Mika (como é conhecida) acumulou títulos na categoria Junior e em 2018 foi colocada na elite onde se consagrou campeã mundial de Kite Surf - repetindo a dose em 2019 por antecipação em Marrocos sem precisar da Etapa do Brasil.

Atualmente com 15 anos ela já alcançou feitos que provam que apenas basta ter garra e determinação.

CARLOS MÁRIO ´´BEBÊ´´

Começou a praticar kite com seu tio aos 11 anos na Lagoa do Cauipe no Ceará e ficava aguardando os velejadores terminarem suas sessões para pegar os kites emprestados e começar a praticar. Com medo de fazer manobras para para danificar o equipamento dos outros velejadores se conteve e anos mais tarde ganharia o mundo exatamente por suas manobras que o levaram a se tornar tetra-campeão mundial de Freestyle. Iniciou em campeonatos com 13 anos e quando tinha 15 foi o mais novo a ganhar uma etapa.

Bebê tem 21 anos hoje e segue na disputa pelo mundial FREESTYLE.

BRUNO LOBO

Do Maranhão para o mundo. Medalhista Pan Americano de Kitesurf, Bruno Lobo se tornou o primeiro campeão da classe estreante na competição continental.

Ouro em Lima, o atleta segue nas competições e vai disputar agora o Sul Americano de Kite.

Vale lembrar que a partir de 2024 o KiteSurf entra oficialmente aos jogos olímpicos.

PEDRO MATOS

Carioca e praticante dos esportes radicais desde os 02 anos de idade, Pedro puxou de sua família o gosto pelos esportes e aos 12 anos ingressou no mundo do kite surf na categoria waves devido ao surf que já praticava e aos 13 iniciou nos campeonatos. Pelo mundial Pedro já começou em quarto aem Cabo Verde ao derrotar o Campeão Mundial Matchu Lopes, chegando na semi final na época.

A evolução de Pedro tem sida constante e está atualmente correndo o mundial de kitesurf.

BRUNA KAJIYA

Como seu signo, peixes, Bruna ganha sua força nas águas.

Criada em Ilha Bela, Bruna ganhou notoridade com o kite surf levando o nome do Brasil para o Mundo fortalecendo nosso esporte.

Primeira mulher a conseguir um "Backside 315" é tricampeã mundial freestyle e 5 X vice-campeã mundial.

Em 2018 se afastou do circuito mundial, mas em 2019 ela voltou e está fazendo bonito provando que está ainda em grande desempenho e dando orgulho aos brasileiros. 

SET TEIXEIRA

Aos 23 anos, Set Teixeira é um dos nomes do Circuito Mundial que apresenta um grande equilíbrio em seus resultados, terminando o ano de 2017 e 2018 como 3º no Ranking Mundial de FreeStyle.

Nascido no Cumbuco, praia do litoral do Ceará, iniciou o kite há 12 anos sob influência de seu irmão e hoje vive exclusivamente do esporte.

Set esta disputando o Circuito Mundial de FreeStyle novamente esse ano.

ALEX NETO

Nascido e criado na Praia do Cumbuco, litoral do Ceará, Netinho (como é chamado) ganhou fama e reconhecimento através do esporte do kite surf. Porém, como no Brasil, tudo ainda é um pouco dificil, ficou fora do Circuito em 2018 por falta de patrocínio, mas na etapa final ocorrida em sua casa, o alteta mostrou seu grande desempenho que o projetou novamente aos focos dos patrocinadores conseguindo assim seu tão sonhado patrocínio em 2019 por uma marca de kitesurf e esta competindo o Mundial Freestyle esse ano.

siga o insta e fique por dentro de tudo
  • Instagram

VENCEDORES

2019